Notícias

Sarau LABUTA vai “de vento em popa”

Sarau LABUTA vai “de vento em popa”

 

As apresentações do “Sarau LABUTA” – projeto da Academia Planaltinense de Letras, Artes e Ciências (APLAC) financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF) – tiveram início no dia 20 de março do ano em curso, no CEF 04 de Planaltina, ocasião em que a professora Lila Rosa apresentou a palestra SABERES E FAZERES TRADICIONAIS. O evento contou ainda com a performance poética do multiartista Luiz Felipe Vitelli, integrante da APLAC.

A segunda apresentação (das 20 previstas) se deu no auditório da Universidade de Brasília (UnB/Campus Planaltina-DF), na noite do dia 05/04. Naquela oportunidade, o historiador Elias Manoel da Silva encantou a plateia ao apresentar o resultado dos seus estudos sobre a CARTOGRAFIA HISTÓRICA: GOIÁS – RIDE/DF, palestra rica em informações e registros cartográficos. A terceira apresentação do Sarau LABUTA aconteceu na noite dia 25, no IFB de Planaltina, para onde o professor e maestro Israel Collona e seus alunos levaram aos estudantes daquela instituição o REPERTÓRIO MUSICAL DE PLANALTINA E REGIÃO.

Em 09 de maio, o escritor Ronaldo Mousinho – acompanhado de alguns integrantes do Celeiro Literário – apresentou-se no CED 01, com: O DISCURSO LITERÁRIO EM BRASÍLIA: OBRAS E AUTORES. No dia 16 foi o CEF 02 de Planaltina quem recebeu o Sarau LABUTA. Naquela ocasião, a violeira planaltinense Cláudia Andrade brindou o público presente com o tema QUANDO AQUI ERA SERTÃO: A MEMÓRIA PRODIGIOSA DE ERASMO DE CASTRO, apresentação artístico-biográfica do eterno GUIM, ilustre filho de Planaltina-DF (morto em novembro de 2006), violeiro, poeta, catireiro, cantador de folia e contador de “causos”. Ainda em maio aconteceram outras duas apresentações: no dia 23, no CEF Nossa Senhora de Fátima, o professor e poeta Antonio Victor (de Formosa-GO) brindou os alunos com o trabalho MEMÓRIAS DE QUINTAIS, FAZENDAS E CARROS DE BOIS; e no dia 30 foi a vez de Letícia de Queiroz, poeta de Planaltina-DF, que apresentou-se no CED Taquara (zona rural de Planaltina) com o tema AS PAREDES SABEM LER, palestra por meio da qual a escritora apresentou ao público presente o conceito de Poesia (na sua visão) e falou sobre a importância da leitura na formação do leitor crítico. Ela falou, ainda, sobre o processo de criação literária. E entre uma fala e outra, a poetisa declamava um dos seus trabalhos poéticos, explicando como e porque surgiu cada um daqueles versos.

Encerrando o primeiro semestre, em junho houve duas apresentações do Sarau LABUTA: uma no dia 08, no CED Pipiripau II (também zona rural), palco da apresentação do professor e escritor Vicente Paulo Siqueira, que levou aos alunos e professores daquele estabelecimento de ensino a obra e a vida da poetisa Cora Coralina (ENTRE OS BECOS DE GOIÁIS E OS RISCOS DA POESIA); e outra no dia 27, ocasião em que o poeta Ancelmo Borges de Moura (o Cumpadi Ancelmo) levou às gargalhadas professores e estudantes do CEP Saúde de Planaltina com a POESIA MATUTA EM BRASÍLIA. O evento contou também com a participação do clarinetista Otaviano Sávio (músico de Planaltina), que apresentou ao público um belíssimo repertório musical, com canções dos maiores e melhores compositores brasileiros.

No decorrer das 9 apresentações do Sarau LABUTA, integrantes da APLAC (Joésio Menezes, Luiz Felipe Vitelli, Mário Castro, Wilson Osmar de Jesus e Xiko Mendes), alunos e professores das escolas visitadas e alguns artistas convidados interagiram, revezando-se na declamação de poesias e contação de histórias e “causos”.

 

Próximas apresentações do Sarau LABUTA

  • 08/08 – Volmi Baptista (Violas e violeiros), CED Várzea (Matutino);
  • 15/08 – Mário Castro (A formação territorial de Planaltina na obra de Paulo Bertran), CEM 02 (Matutino);
  • 23/08 – Camila Castro (Os bares da vida como espaço de formação e profissionalização artística-musical), CED 01 (Noturno);
  • 05/09 – Muna Youssef (Memórias de uma menina de família árabe), CED Pompílio Marques de Sousa (Matutino);
  • 26/09 – Silvano Colli (Como ser escritor num país que não valoriza a literatura); Escola Classe Córrego do Meio (Matutino);
  • 03/10 – Conceição Freitas (Imprensa e Jornalismo: a crise de credibilidade da imprensa); CED 03 (Mastutino);
  • 10/10 – Gina Vieira (Mulheres inspiradoras), CEF 08 (Vespertino);
  • 07/11 – Noélia Ribeiro (Brasília poética), CED Dona América Guimarães ((Matutino);
  • 14/11 – Ester Rodrigues (Brutas e brutos da catira), Escola Classe Pedra Fundamental (Matutino);
  • 28/11 – Gustavo Dourado (Literatura de Cordel), Escola Classe 06 (Matutino);
  • 04/12 – Rego Júnior (Literatura infantil de matiz afro), Escola Classe Paraná (Matutino).

 

Observação: Agenda sujeita a alterações.

 

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar