Memória

A nau “Sarau LABUTA” aporta na Escola Classe Córrego do Meio

A nau “Sarau LABUTA” aporta na Escola Classe Córrego do Meio

 

Na manhã de hoje, dia 26/09, os tripulantes da nau “Sarau LABUTA” (projeto da APLAC financiado pelo FAC/DF) desembarcaram no porto da Escola Classe Córrego do Meio, núcleo rural de Planaltina-DF, levando aos alunos daquele estabelecimento de ensino os sonhos e as fantasias do marujo-escritor Silvano Colli, que encantou os pequenos discentes do educandário anfitrião com os “causos” extraídos do livro O HERDEIRO SUPREMO, de sua autoria. Entre um “causo” e outro, Silvano Colli passava o leme aos poetas-timoneiros daquela nau, Joésio Menezes e Xiko Mendes, que revezavam-se na declamação de poesias.

Ao final do evento (registrado pela marinheira Bárbara Santiago), o Capitão da fragata Academia Planaltinense de Letras, Artes e Ciências (APLAC), o professor e escritor Xiko Mendes, abriu espaço aos navegadores mirins da literatura para que eles pudessem fazer perguntas e, também, entrar na onda das apresentações. Alguns aspirantes a marujo literário deixaram o medo de lado e se aventuraram nas águas não tão calmas do teatro de fantoches.

Os tripulantes da nau Sarau LABUTA regressaram ao mar, orgulhosos e felizes com o resultado exitoso de mais uma navegação (a 14ª de uma série de 20 navegações) sobre as águas bravias das Letras, Artes e Ciências.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar